sábado, 22 de dezembro de 2007

CULTURA PARA VIDA

Desde os primórdios da civilização humana, há um busca constante para realização pessoal, tantos dos indivíduos como das nações com um todo. Hoje, mais que antes, principalmente diante dos avanços tecnológicos , essa busca tornou-se uma guerra diária. É no meio destas explosões complexas de idéias, de conceitos e opiniões que o homem se depara com a precisão de entender o mundo ao seu redor para tornar-se menos estranho dentro do seu próprio meio. Segundo PILLETI (2002), o estudo da cultura é fundamental para analisar e compreender as formas de ver o mundo, interpretá-lo e nele atuar.
Estimular as pessoas a vivenciarem seus saberes e fazeres e também reconhecer-los nos demais, tanto em comunidade como individualmente, significa simplesmente aumentar sua auto estima, e auto estima é o que está faltando tanto nas pessoas como na sociedade como um todo.
A nossa cidade, Tupanatinga, localizada no Agreste do Estado, apesar de ser uma comunidade pequena e distante da Capital, segundo pesquisas universitárias feitas pelos graduados e pós-graduados da região, apresenta uma variedade de cultura significante, como o samba de coco, grupo de danças de xaxado, poetas e poetizas, escritores, músicos, repentistas, desenhistas, pintores e escultores.
A cultura é sem duvida a formação do Cidadão. É a visão global das idéias, e essencialmente, a formadora de opinião. Tanto proporciona a auto estima das pessoas como também é fundamental na construção da sua identidade, seu caráter, sua moral e ética.

Um comentário:

edezilton disse...

Edimilson tem uma idéia sua extraordinária: "de que a cultura forma a auto-estima coletiva da sociedade".
Tupanatinga é grande porque tem gente criando idéias . cultura e literatura...

A fabricação literária e cultural é o mais nobre modo de criação.

Excelente a sua definição de que "educação é a senha de acesso a cidadania".

Por Edezilton Martins