sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

UM OLHAR GRANDE EM VOLTA DO GRANDE CENTRO – TUPANATINGA-PE

Tupanatinga não é uma cidade grande, mas tem o tamanho suficiente para ser o grande sonho dos seus conscientes filhos que a reconhecem como sua verdadeira Pátria. Assim são seus amantes, poetas, escritores, pintores, escultores, professores, bancários, doutores, garis, trabalhadores rurais, filhos distantes e adotivos, fazendeiros, comerciantes e comerciários, religiosos e políticos que aos poucos vão reconstruindo e a transformando numa verdadeira Terra Natal, com sabor , cheiro e muita saudade.
É evidente que alguns conterrâneos não prezam a nossa cidade como deveriam. É clara a falta de gentileza, por parte destes filhos egocêntricos e antipatrióticos, sobretudo quando vemos um natal sem luz, uma rua escura na noite, violência nas ruas, falta de interesses no desenvolvimento econômico, social e cultural da cidade.


13 comentários:

edezilton disse...

Acredito muito mais no filho patriota, na medida em que o patriotismo traz uma enorme vontade de realizar, desenvolver, cuidar das pessoas. Tupanatinga é grande a despeito de todos seus males porque tem filhos legítimos ou adotados que não se contentam com questões estabelecidas. Acredito nesta força.

Por Edezilton Martins

José Costa disse...

Edimilson, parabéns pelo seu Blog, passarei por aqui sempre. Abraços.

José Costa

Mabel Croche disse...

Edimilson, adorei seu Blog, mostra que Tupanatinga tem pessoas cultas e inteligentes como você, parabéns.

Dilson Cavalcanti disse...

Que beleza é encontrar na internet um blog cultural que além de enaltecer as manifestações culturais, principalmente as que representam nossa querida cidade, resgata também a importância de se lutar pelos sonhos, pelos ideais de um mundo melhor, de uma Tupanatinga melhor. Edimilson e Edezilton, vocês estão de parabéns.!!!

Quero compartilhar também meu apreço por nossa terra, ratificando a relevância de defendermos valores importantes como o sentimento e o desejo de lutar para que possamos a cada dia elevar nosso cidade a patamares mais condizentes com a sua grandeza e, especialmente, com a grandeza dos sonhos de seus filhos.

Para caracterizar a força que impulsiona a luta de um grupo de cidadãos para não deixar que as frivolidades da sociedade moderna, a falta de comprisso social, o descaso político e o conformismo imbecil paralisem e estagnem os sonhos e a defesa de ideais cada vez mais raros e essenciais, escolherei hoje apenas uma palavra: Decência.

A palavra "Decência" provém do latim "decentia" e, em linhas gerais, pode ser entendida como a qualidade daquele ou daquilo que é decente, decoroso, honesto, apropriado, nobre e conveniente. A decência, por sua vez, está em conformidade com o sistema de crenças de uma determinada cultura. Portanto, devemos cada vez mais cultivar e apoiar os valores que permitam-nos agir pautados pela cultura da "decência".

edezilton disse...

Parabéns Dilson! Muito apropriado cada palavra que vc escreveu; sobretudo quando declara seu apreço por nossa cidade e usa a palavra "decência".

ana disse...

Tenho um grande sonho de conhecer
o carnaval dessa cidade...
Pois muito já ouvir falar, e também a própia cidade, mas se isso não for possível um dia, gostaria de parabeniza-los por sua maravilhosa cidade.
beijos a todos

caca disse...

Edmilson, primeiro peço-lhe desculpas por nao ter visitado esse que é um"prato" cheio de conhecimento e traduz a valorização do uso adquado da internet como forma de conhecimento. segundo, pergunto-me: quanta coisa deixei de aprender e compartilhar com pessoas como vc e edezilton cujas letras se agrupam de maneira coerente, transportando a nossa mente textos bons de digerir(esse nao vai pro estomago, pois sai no outro dia, vai para cabeça). Espero dispor de tempo para poder, nao apenas ler, mas colocar minha visao a fim de contribuir para a ascensão do conhecimento.

Sobre a cidade poço traduzir como: lugar bom de morar;dificil de viver. parece redundante, no entanto é explicavel. A Declaração Universal dos Direitos Humanos no Art. XXIII. declara: 1."Toda pessoa tem direito ao trabalho, à livre escolha e emprego, a condições justas e favoráveis de trabalho à prática contra desemprego" cito para mostrar uma grande "ferida" existente em nossa amada Tupanatinga, a questão da falta de emprego que afeta as familias, os jovens... fazendo com que muitos desses sejam "convidados" a deixar para traz seus lares, o carinho proximo e aconchegante de seus familares e amigos em busca de seus sonhos (ou pesadelos). como viver no lugar que voce ama se esse nao lhe oferecer oportunidades?

Decência foi um termo muito bem empregado pelo colega Dilson (o qual admiro muito) compromisso social, gostaria de saber se ele existe nas propostas governamentais de nossos politicos locais? pergunto-me se nossos direitos existem para acontecer ou para apenas serem lidos?

Acridito que para governar uma cidade nao basta apenas ter um sorriso do lado da "cara" ao outro, mas ter olhos grandes para enxergar mais...melhor onde possa, com competencia, desiginar um patamar de cidade que traduza nossos anseios. maos grandes para abarcar (espere! não é nosso recuros público) projetos que contribuam para nosso lazer, saude, educação, e outras que merecemos. ouvidos largos para ouvir a voz sabia do povo que entende suas necessiades (a como eu queria que minha voz chegasse lá) portanto, amigos do conhecimento, como é dificil morar com tanta adiversidade, mas como é bom ser de TUPANATINGA, com seu povo acolhedor, amigavel (claro, tira-se os negativos, mas isso é normal a pilha é uma só e um dos seus lados e negativo, no entanto só funciona assim) esses que são verdadeiros nos engrandesse, os negativos nos impulsiona, estimula e são os melhore professore. abraço. cacá.

Martins de Abreu disse...

Parabéns!!!pelo seu trabalho cultural é de grande importancia para a cidade e para todos e como eu ama nossa querida Tupanatinga,um grande abraço.

Rosvan Cavalcanti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rosvan Cavalcanti disse...

Edimilsom, uma das gandezas do homem é valorizar suas raízes divulgando a cultura da sua gente. Tenho orgulho de ser seu conterrâneo, tenho orgulho de ser pernambucano. Parabéns.

fatima sampaio disse...

hoje estou muito feliz, encontrei um pouco da historia de minhas raizes um blog falando de tupanatinga lugar onde vivi parte de minha vida, sempre amei este lugar mesmo vivendo longe.

Aparecida Marques disse...

Não imaginan o tamanho da minha felidade, em poder ver , e matar um puco da saudade da minha terra querida.Amo Tupanatinga, vivi minha infancia nesta cidade querida, mesmo longe nunca deixei de amar.

José Edinaldo de Sousa Maranhão disse...

Quando todos reconhecerem o amor por uma causa e valorizar o que é indispensável na vida. Invistam Patriotas Tupanatinguese na cultura e nos valores das criaças e dos adolescentes.
José Edinaldo
Conselheiro Tutelar